Carrinho em mãos

 

Quando descobri que estava grávida, minha tia Roberta me disse para eu passar na casa dela e pegar umas coisas. Fui lá e ela me emprestou um monte de roupas e me deu uns envelopinhos para levar as roupinhas do João pra maternidade. Em dezembro teve o batizado do Rafael, filho dela, priminho do João, que tem 1 ano e meio. Ela disse lá que me emprestaria o carrinho e o bebê conforto que o Rafa quase não usou. Demos graças a deus! Bebê conforto e carrinho para crianças pequenas (aqueles bem estruturados, que dá pro neném dormir e ficar bem confortável) custam até uns mil reais, acredita? E você usa no máximo por um ano. Depois, já dá pra trocar por aqueles menores, que parecem um guarda-chuva, que ocupa bem menos espaço, andam melhor pelas ruas e custam uns 200 conto no máximo!

Há umas duas semanas, a gente foi buscar os apetrechos. E foi engraçado! Primeiro porque a Robi estava com tudo meio que espalhado pelo quarto da bagunça e teve um certo trabalho para encontrar tudo. Depois de um ano sem usar o carrinho, ela nem lembrava mais como montava, onde ia cada tecido, cada peça, cada acessório (e haja acessório!). Depois de tudo explicadinho, montado e resolvido, ficamos lá papeando, comemos uma pizza e acabamos indo embora só lá pela meia noite. Na hora de colocar o carrinho no carro, um problema: nosso porta malas estava lotado de coisas! O jeito era colocar tudo no banco de trás do carro, já que ficamos meio assim de tirar tudo do porta malas no meio da rua de madrugada. Se soubéssemos o trabalho que daria, tínhamos tirado tudo, heheheh…

Nosso carro é praticamente novo, mas é duas portas. Naquele dia, eu me arrependi de ter não ter comprado um quatro portas, hehehe… Tivemos que colocar todo o banco da frente para a frente pro carrinho e o bebê conforto poderem passar. Eles ocuparam quase todo o banco de trás! E a Tia Walquíria (segunda mulher do meu avô, quase minha avó), coitada, teve que ir toda apertadinha no banco de trás até a casa dela, já que eu, com esse barrigão, não entraria no espaço. Ainda bem que era pertinho… J

Agora, o carrinho do João está ocupando boa parte de um canto do nosso quarto até tudo ficar pronto no quarto dele. Brigadão, Robi, ajudou a gente mais uma vez!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s