7 meses muito especiais


Sim, João já está com 7 meses e posso finalmente dizer que nós estamos ligados um ao outro como mãe e filho. Pode ser que ele já se sentisse meu filho de verdade desde a sua concepção, mas a minha adaptação foi muito complicada por causa da depressão pós-parto.

Eu digo que nós estamos ligados de verdade porque, nesse final de semana que passou, ele estava super grudado comigo. Segundo a minha terapeuta, ele já começou a entrar na fase em que se percebe uma pessoa diferente de mim e clama pela minha presença, meu afeto, meu carinho. Ele sabe agora que eu não sou uma extensão dele. Confesso que, quando ele fica manhoso, eu perco um pouco da paciência (que mãe não perde, né?!). Mas, nesses dias, eu me controlei e tentei entender o que ele queria e o que estava acontecendo com ele.

Dei muito mais carinho, mais colo, brinquei mais, me soltei, dei muito amor, o melhor amor, o melhor tempo, a melhor sopa, a melhor fruta, a melhor paciência. A manhã melhorou, ele dormiu melhor, me obedeceu quando eu disse não, olhou bem nos meus olhos o tempo todo e riu das minhas brincadeiras. Me senti envaidecida, forte, poderosa, capaz de ser mãe e de fazer uma história com ele diferente da minha. Demorou um pouco, mas agora eu posso dizer que eu sou mãe de verdade! Te amo mais do que tudo, meu príncipe…

Anúncios

11 comentários sobre “7 meses muito especiais

  1. Déa DiP disse:

    Você sempre foi mãe de verdade florzinha. Mãe de verdade é isso e não aquelas de comercial de margarina. É que a gente passa realmente mais tempo assustada do que curtindo no começo. Mas relaxar, perceber e principalmente perder o medo dos filhos (medo que vai chorar, medo que vai quebrar, medo que vai cair etc) é o caminho certo para a paz! ehehe.
    Que bom que vocês estão bem e cada vez melhores. Superando onda por onda, reconstruindo. O João te ama e com certeza já percebeu essa mudança!
    Amamos vocês!

  2. Fabiana Meireles disse:

    Lindo!!!
    Mas discordo do trecho em que vc diz que agora é uma mãe de verdade.
    Fabi, uma pessoa que percebe ter um problema e luta com todas as forças para se livrar dele para ser completa para o filho, uma pessoa que não mede esforços para proporcionar o bem estar da criança, uma pessoa que expressa aquilo que sente para ajudar as outras na mesma situação ou em possibilidade semelhante, uma pessoa que não abandona tudo, mesmo com codições para tal.
    Gata…Isso é mãe da melhor qualidade!!!!!!!!!!!!!
    Te adoro e sempre estou com o pensamento positivo firme para essa famíla linda.

    Baci

  3. claudia disse:

    Oi lindona parabéns pela dor e pela delícia de ser mãe. Você já nasceu mãe, já deu a vida, já educou, já deu amor, já deu colo, já fez crescer… está apenas se lembrando.

    Tenha muito orgulho de si e do João, esta troca é insuperável e este aprendizado mútuo, é o melhor que a vida nos reserva.

    Beijinhos no coração

  4. alessandrafeitosa disse:

    Parabéns para o João!!! E, principalmente, parabéns para você Fabi!! Ser mãe não é fácil mesmo, mas é a coisa mais incrível que poderia nos acontecer. Tenho certeza que o João a ama muuuuito!!
    bjs
    Lelê e Bibi (esperando a visita, hein!? rs)

  5. Amanda disse:

    Ai q bom Fabiiii!!!!
    Que gostoso que as coisas estão entrando nos eixos!
    Parabéns p vc, parabens p o Mosca e parabens p o pequeno!!!

  6. Carol Cedano disse:

    Ai Fabi, ele está maravilhoso!!
    Ainda não sou mãe, mas sei que cada mês é especial…
    Aproveita esse baby lindo…

    Beijos

  7. Ah, que lindo!

    Amei ler toda essa experiência!
    Parabéns ao JV pelos 7 meses (sempre acompanho o blog e posso afirmar: gente, como passou rápido! rs)
    E parabéns a Fabi, pelo exemplo de mãe de verdade, que passa por todas as experiências que fazem parte da maternidade. [Porque experimentar a vida na sua totalidade é isso: enfrentar todo o tipo de momento, seja bom ou ruim, fácil ou difícil, rápido ou demorado…]

    Um grande abraço!
    Fábia Zuanetti

    [ http://www.embuscadoinefavel.blogspot.com ]

  8. Que bom… Fico mto feliz por vcs…
    Mas esse papo de mãe perfeita, é só na tv… Uma mãe que não grita, que não tem xilique nunca, que vive linda, sorrindo, feliz… Não existe… Somos normais… Lá um dia, temos nossos ataques, nem por isso somos menos mães…. Amamos menos nossos filhos… Culpa zero, em…
    Adorei as fotos…
    Bjs
    🙂

    E parabéns pelo mesversário do lindinho….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s