Luto de uma vida irônica

Ronaldo perdeu um irmão há 13 anos. Ronaldo se casou com Aline e agora foi ela quem perdeu uma irmã. E ele precisa passar pela experiência de ver a mulher de sua vida sentindo a mesma dor que a sua.

Mosca perdeu um grande amigo há 13 anos. E agora precisa dar forças para Ronaldo e reviver tudo o que aconteceu.

Terezinha perdeu um filho há 13 anos. E agora foi Dona Cida quem perdeu uma filha. As duas sofreram perdas irreparáveis e da mesma maneira brutal: acidente de carro. Não tiveram tempo de se despedir, darem o último beijo, escutarem as últimas palavras dos filhos.

As feridas de Ronaldo, Mosca e Terezinha foram reabertas. O choro voltou, a saudade, a dor, o buraco que nunca se fecha. A dor de Aline, Dona Cida e toda a sua família está apenas começando. Eles nunca mais serão os mesmos. A gente só espera que um dia a vida continue de uma maneira saudável. E que Eliza consiga descansar, mesmo com a indignação de uma família machucada.

Anúncios

4 comentários sobre “Luto de uma vida irônica

  1. Ai, não tem dor maior do que isso… meu Deus, desejo que todos eles tenham muita luz! Que Deus esteja do lado de todos nesse momento tão triste.

  2. Roberta disse:

    Fabi, sinto mto por todas essas dores, genuínas, inevitáveis… Que Deus dê a todos paz e sua eterna misericódia. Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s