Convulsão febril, líquor e terror


Estamos internados de novo. A quarta internação do João. Isso mesmo, número 4! Vou contar…

Na semana passada, Joãozinho teve febre por uns 4 dias seguidos e estava mega encatarrado. Pediatra mandou dar gotinhas homeopáticas e um fitoterápico. Achei que o dente canino do vampirinho também tivesse ajudando a piorar os sintomas. João melhorou.

Quarta-feira à noite, cheguei em casa e ele tava com febrinha de novo. “Mas não é possível! Dra, o que eu faço? Tô pensando em levá-lo no pronto-socorro pra fazer uns exames, ver se tem infecção…” “Fabiana, vamos aguardar até sexta? Eu vou estar no consultório e você leva ele para eu ver”. Tudo bem.

Quinta, febre o dia inteiro. À noite, ele estava com 39. Nenhum remédio abaixava. “Amor, vamos pro pronto-socorro. Isso não é normal e eu não vou passar mais uma noite infernal com ele”.

Ele estava bem, brincando com o Mosca e fazendo graça para as pessoas no hospital. “Filho, quer água?” Ele tomou um gole e começou a convulsionar. “Meu filho tá convulsionando! Me ajuda, pelo amor de Deus!!!”

Foi o tempo de correr para uma sala de atendimento, colocar uma máscara de oxigênio e ele começou a voltar. Com os olhinhos desesperados, olhava para mim e chorava. “Mamãe, o que aconteceu? Me tira daqui, me leva pra casa…” “Calma, filho, a mamãe tá aqui. Agora vão te dar um remedinho e vai ficar tudo bem”.

“Mãezinha, ele vai ter que ficar aqui em observação por, pelo menos, 24 horas para a gente monitorar a temperatura dele. Vamos pedir para um neurologista atendê-lo”.

“Mãezinha, a gente vai ter que colher o líquor dele, para descartar a possibilidade de meningite”. Para quem não sabe, eles pulsionam a região lombar das costas para tirar um líquido da espinha. Pois é… coração de mãe sofre…

“Mãezinha, só pode ficar um aqui no quarto.” “Amor, fica você. Já estou abalada demais…”

O hemograma não deu nada. Exame de urina idem. Líquor também. Graças a Deus!

Aí, a minha irmã veio aqui na sexta à noite e lembrou que, quando ela tinha uns 6 anos, aconteceu a mesma coisa com ela: febrão sem motivo aparente. Aí, foram descobrir que ela estava com sinusite.

“Dra, então, será que é sinusite?” “Faz quanto tempo que ele está todo entupido e com catarro amarelo” “Uns 15 dias”. “Bebê, a tia vai abrir bem a sua boca e olhar lá no fundo da sua garganta, tá? Nossa, mãezinha, ele tá lotado de catarro bem espesso e amarelo e já chegou na garganta. Não preciso nem fazer radiografia, vamos entrar com antibiótico.”

Desde hoje de manhã ele não teve mais febre. Provavelmente, amanhã (domingo) de manhã, a gente sai. Meu coração vai ficando cada vez mais forte a cada internação, febre, susto… Estou louca pra voltar para casa com o meu príncipe saudável e sorridente.

Anúncios

15 comentários sobre “Convulsão febril, líquor e terror

  1. Fá, Muitas luzes coloridas e serenidade pra vc e todos da sua família! Dos males o menor, Viva!!!

    Agora, preciso dizer, não entendo nada de medicina, mas punção lombar antes de examinar a garganta? Pronto socorro da medo! Vc merece um pediatra que te atenda AGORA, sempre que o agora for preciso…

    Se precisar de algo, só mandar um alô!

  2. Maricotinha disse:

    Como o João é muito bonzinho, sei que vão tirar de letra essa internação. Mas, precisando desses amigos aqui, sabem que podem contar, né? (estamos só a 200 km)

  3. grasi disse:

    Nossa, 4ª internação ? Esse menino é um guerreiro, né ?!?
    Mas como dizem, com o passar do tempo ele vai ficando mais forte e essas “infecções” passam…..
    Por aq deu uma boa melhora, tanto que faz acho q uns 4 meses q o Bonitão não toma antibiótico ! IUPI !
    Como o caso é alergia mesmo, ele toma alopatia e com o tempo tá ficando mais resistente !
    Ah, e uma coisa q eu faço como regra: dois dias de febre são suficientes pra corrermos pro hospital.
    E eu faço a linha “Senta que lá vem a história” com o pediatra que está nos atendendo e volto até março de 2008 qdo tudo começou !! (A “loka” !!)
    Bjs e melhoras pro seu príncipe !!

  4. Erika disse:

    Ôô dózinha do João…=( É péssimo ver criança fofa doente…ainda mais internado! Melhoras pra ele e desejo descanso pra vc e pro Mosca, Fabi!
    Esse tempo doido não dá trégua pra ninguém, eu tbm fiquei doente semanas atrás, com amigdalite e febre alta. Tomei antibiótico e melhorei no dia seguinte! Tempo seco e poluído é nisso que dá…=(
    Beijocas!!!!!

  5. Nossa, imagino td seu sofrimento, até escrevi um poster comentando o que passei tbm por causa de febre, mas bem que podiam ter olhado essa garganta antes de fazer ‘líquor, ne? esses médicos, nos deixam com o coração na mão.
    Graças a Deus que João está melhor. Deus os abençoe. bjos

    • Muito obrigada pelas palavras, gente.

      Fá e Paula, eles até examinaram a garganta do João, mas para ver se ela estava vermelha ou infeccionada e não para olhar se ele estava encatarrado. O duro é a gente ter que dar a dica do que o menino pode ter. Pô, eles são médicos, né? Eles é que deviam me dizer… Enfim, pelo menos, descobrimos… O exame do líquor é horrível e eles fazem para descartar a possibilidade de meningite. A pediatra dele disse que é um procedimento meio default, sabe? Horrível, mas é melhor pecar pelo excesso nesse caso.

      Maricotinha, amamos vocês!

      Grasi, que bom que o Caíco está mais resistente! Joãozinho vai chegar lá, hahahah…

      É, Erika, todo mundo tá ficando doente. Pior é que agora ele vai ter que tratar mais uma coisa: sinusite. Provavelmente, já está meio crônica porque ele vive resfriado. É a vida!

      Beijos a todos!

  6. Nossa Fabi que tristeza fiquei preocupada me fala como anda o Joao…….nossa deve ser desesperador o que voce passou fiquei chocada……..a gente cuida tanto e derrepente acontece bem na mão da gente……..assustei agora

    • É, Kelly, eles sempre dão sustos na gente, né? Mas ele tá bem, sim. Ainda tem que tomar 1 semana de antibiótico e a gente deve levá-lo ao pediatra para uma avaliação mais confiável. Mas estamos bem!

      beijos,
      Fabi

  7. Nossa, Fabi, que susto! Se eu engulo seco só de ler, imagino o que você pode ter passado. E muito bom saber que está tudo bem no final! Ainda não tive o desprazer de levar a Malu ao hospital, mas é sempre bom contar com dicas como estas caso um dia isso aconteça, o que é provavelmente inevitável.

    Beeijos!
    Laís

    • Jura que vc nunca levou a Malu no hospital? Que invejaaaaa, hahahaha…

      beijocas e valeu pelo comentário,
      Fabi

  8. Andrea DiP disse:

    ai gata até chorei lendo o post.. Não sabia que o joãozinho tinha ficado internado de novo… O Davi tb teve que fazer exame de liquor, eu chorei TANTO e isso pq eu tava no trabalho e minha mãe estava com ele… E essa sensação de desamparo que a gente sente com estes médicos né? Eu nunca consigo confiar 100%, parece que eles sempre vão fazer alguma merda se a gente não ficar atenta!!! Eu sempre “ajudo” no diagnóstico como vc disse no outro post…Ainda bem que ele já está lindo, tocando bongô e tudo. Saudades de vocês.

    • É foda, né, Dé?! Seu pai até comentou no meu facebook que ele já tinha decorado os desenhos da parede do Sabará de tanto tempo que já ficou esperando por atendimento lá. A sensação com os médicos é essa mesma: parece que a qualquer momento eles vão fazer alguma merda… Aff!

      beijocas

    • Nossa, Ana, falou tudo: provação!
      Ele está melhorando, sim. Tá comendo bem, animadão… Tomara que isso nunca mais aconteça!

      Beijos,
      Fabi

  9. Nossa! Imagino o que você deve ter passado. Ainda mais com menino maior.

    Ai, meu coração chega aperta!
    Mas que bom que ficou tudo bem, né?

    Muito obrigada por compartilhar, Fabi!

    Beijos e um abraço apertado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s