Não sei o que falar

A Fabiana sempre reclamou que eu falava muito de trabalho, que não desligava nunca e que ficava um papo chato.

No final de semana passado fomos comer pizza na casa da tia dela para rever a Carol e o Rafa (esposa e filho do Beto, primo dela) que estão morando no Canadá.

E adivinhem sobre o que eu fiquei conversando e com quem…….trabalho? eleições? futebol? carros?

NÃO, eu fiquei conversando sobre filhos, sobre a babá do João que toma conta de tudo aqui em casa, sobre quanto eu pago, sobre usar faxineira 1 vez por semana e detalhe, com as esposas dos primos da Fabi.

Casamento moderno né!

Mas vamos a alguns fatos:

  1. A faxineira não acata o que a Fabiana fala, eu preciso falar pra ela fazer.
  2. A babá passa a lista de compras da casa pra mim.
  3. Eu escolho o cardápio do João junto com a Babá
  4. O João acaba obedecendo mais a mim do que a Fabi.

E ai a conclusão. NÃO, eu não quero voltar a minha carreira na área financeira onde eu trabalhava de 10 a 12 horas por dia, não quero trabalhar em multinacionais como foram os meus últimos 15 anos, não quero ser presidente de empresa alguma, eu só quero poder continuar com minha nova carreira, cuidando das coisas do João e podendo dar risada de mim mesmo.

E você, tem coragem?

Anúncios

13 comentários sobre “Não sei o que falar

  1. Denise SC disse:

    Nossa que virada heimmm, mas será que não rola um ciuminho por parte da Fabi não paizão? hehe…Mas deve ser muito gostoso para um homem descobrir o que as mulheres sabem a séculos, a alegria de criar os filhos curtindo cada coisinha nova deles, a cada dia, cada surpresa…olha, é uma empreitada que não perde pra nenhum executivo né? Com a vantagem de ter o coração cheio de alegria e renovado a cada nascer do sol!!!
    Beijos nos 3!!!

    • Oi Dê!
      Eu não tenho ciúmes, não. Pelo contrário, acho que a relação que está sendo formada entre os dois é maravilhosa. Às vezes, fico com saudades e vontade de estar mais perto por mais tempo… Mas eu compenso no final de semana!
      Beijos,
      Fabi

    • Marcos Mosca disse:

      Fala Ernani!

      Algumas coisas precisam acontecer pra decidirmos o caminho que queremos né.

      Mas vamos em frente.

      Abs

  2. Ana Lucia disse:

    Eu adoro ser mãe e passar os fim de tarde correndo atras dele pelo clube seja atras de passarinho, com os amigos ou qdo ele entra na piscina de roupa e tudo.
    Para mim não tem dinheiro que pague esse contato com o meu filho.
    Eu abri mão da minha profissão para me dedicar mais a minha familia. Continuo trabalhando ( das 8 as 17hs), pois quero que meu filho seja educado por mim não por babas.
    Parabéns pelo exemplo de pai que vc é!!
    Sucesso nessa sua nova empreitada profissional!!
    Tem coisa que o dinheiro não cobra!!

    Com carinho,

    Ana Lucia

  3. Prô Erika disse:

    Parabéns pela iniciativa e participação na vida do João…os homens de hj precisam dividir as tarefas domésticas, se envolverem mais com a educação do filho…e vc faz td isso! Sorte da Fabi!!..rs

  4. vivi disse:

    VOU SER OBRIGADA A PASSAR O TELEFONE DO MEU MARIDO PRA VC, QUEM SABE VC ENSINA ELE QUE A VIDA NÃO É SÓ TRABALHOOOOOOOOOO..

    MUITO LEGAL.. PARABÉNS A ESTA LINDA FAMÍLIA..

  5. Prô Erika disse:

    Que sorte a Fabi tem!!!! Parabéns pela iniciativa e atitude! O João e a Fabi, e claro, principalmente vc Mosca, só tem a ganhar!!!! Abs!

  6. Bruna Bertoche disse:

    Já não é a primeira vez que venho visitar o blog de vocês. É um excelente lugar para quem vai ser mãe de primeira viagem.
    Mas queria mesmo dizer que esse post fez meu marido sonhar tanto. E manda dizer à você Marcos, que você é um homem de muita sorte, porque tudo o que ele queria era estar tendo uma vida assim, para aproveitar mais o nosso João que ainda está para nascer!

    Beijos!

    • Marcos Mosca disse:

      Bruna,

      Então mais um João está pra chegar? Parabéns e boa sorte.

      As coisas nem sempre foram assim. Muita água rolou debaixo da ponte antes de eu tomar a decisão de ter mais tempo com a família.

      Sei que em breve, algumas coisas vão mudar, mas não vou mais colocar um monte de coisas entre eu e o sorriso do meu João.

      Bjs e obrigado pela visita.

  7. Déborah disse:

    Ah, eu nem preciso dizer que isso é super atual e já foi manchete de ao menos 3 reportagens que eu vi/li.
    Acho ótimo esse envolvimento do pai no dia a dia da criança e não só de diversão, mas de pediatra, remédios, alimentação, enfim, obrigações de pai/mãe com nossos amados filhos.
    Acho ótimo!!!

    E ah, parabéns, pq muito marmanjo não consegue segurar essa peteca!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s