Mães solteiras / separadas, amem-se!

divã

Mães separadas e solteiras do meu coração, imagina pegar um Gianecchi por aí? 😛

Uma amiga minha acabou de se separar. Pensem numa mulher linda: morena, gostosona, cabelo lindo, sorrisão… É claro que, como todas as recém separadas, está um pouco perdida e assustada com a vida de solteira. Outro dia recebeu uma cantada do tipo “todo mundo já reparou em você, só você não percebeu”. É, meninas, nós continuamos vivas. Isso não é incrível?!

No começo, é tudo muito estranho mesmo. Pô, se você foi casada, passou anos olhando (e amando o) pro mesmo cara. Se é mãe solteira, o buraco é mais embaixo. As duas espécies geralmente estão com raiva de qualquer pessoa do sexo masculino apesar de estarem morrendo de vontade de transar (num é?).

Mas transar por transar? Ah, não. Queremos logo engatar um romance! Então, fía, são poucas as sortudas que encontram o próximo amor da vida logo de cara. A maioria pena, rala, pega um monte de sapo com cara de príncipe e (por que não?) se diverte com os errados.

tumblr_malmzrb4Gx1rdi0l2o1_500

Dê tempo ao tempo. As coisas acabam acontecendo. Sério. E permita-se passar por todas as fases: o luto de ter com raiva de todos os homens, a putaria de pegar qualquer um, a tranquilidade de só ficar em casa vendo seriado e comendo chocolate, a experiência de quebrar a cara mais uma vez depois de anos, a fase de só encher a cara com as amigas…

Mas, olha, o que eu aprendi a duras penas nesses últimos três anos foi: ame-se acima de tudo. É difícil, eu sei. O nosso corpo não é o mesmo. A maioria era mais magrinha quando casou, não tinha tantas estrias e celulites, a disposição era outra… A gente não tinha filhos, né? Quem vai amar a gente agora que temos filhos?

Aceite-se!

Filho não é defeito. Gordurinha (ou gordurona) não é problema. Orgulhe-se da vida que você construiu. Fala a verdade: você não é uma pessoa muito melhor agora, depois que teve filhos? A gente evolui, tem outra visão do mundo, não deixa qualquer um entrar na nossa vida… Isso não é incrível?

Você é uma mulher incrível!

(e esse post foi bem auto ajuda mesmo. Foda-se, hahahah…)

Anúncios

7 comentários sobre “Mães solteiras / separadas, amem-se!

  1. Texto perfeito!
    Vivo essa vida de “mãe solteira”, mas devido o falecimento do meu marido [ok pode fazer a cara de “coitadinha dela”, estou acostumada], fiquei viúva quando estava grávida, então, sou pai e mãe desde que meu filho nasceu.

    Realmente não é fácil recomeçar a vida depois de um baque como este, se relacionar com outro home então, quase um bicho de sete cabeças. Mas enfim, depois de exatos 2 anos e 7 meses, a gente aprende a lidar com a situação. Já passei por quase todas as fases citadas e confesso, me sinto aliviada em saber que outras mulheres passam por elas, pois já estava me achando um tanto esquisita…rs

    Ainda estou solteira, já beijei muito sapo [e alguns príncipes], mas nada que ainda tenha valido a pena para ser apresentado ao meu filho. Um hora acontece, sem pressa, sem neura.

    Enfim, dar tempo ao tempo, não é nada fácil, mas sim, é a melhor opção. Amor próprio, autoestima em dia e confiança são itens necessários para qualquer momento da vida.

    E uma coisa é fato, depois dos 30 me tornei uma mulher muito mais interessante, mesmo com alguns quilos a mais e algumas sequelas da gravidez….rs

    Obrigada pela partilha!

    • Oi Alcita! Menina, não sabia da sua história, não… E não vou fazer cara de coitadinha. Eu fico é chocada em como a vida prega umas peças na gente que só o universo sabe os motivos. Obrigada a você por compartilhar parte das suas neuras também. Elas são as de todas nós, acredite! E o tal do homem bacana uma hora aparece, é só a gente se manter aberta às possibilidades. 😉

  2. Caren Fonseca disse:

    A-DO-REI!!!! Seus textos são sempre ótimos. Enquanto leio, posso ouvir sua voz! É uma diversão. Você escreve de uma forma sútil e deliciosa. E de fato, estamos cada vez mais incrível! Como faz bem a maternidade (e a maturidade!) Bjs

    • Ah, Caren, você sempre infla meu ego, hahahaha… Pior que eu escrevo meio que do jeito que eu falo mesmo. 😉 Beijos e te adoro, sua linda.

    • Que bom, Mi!!! Sempre acho que os textos em tom de auto ajuda vão sair uma merda, mas todo mundo acaba gostando. E isso me encoraja a continuar. 🙂 E fico feliz pela identificação, gatona. Saudades também! Beijo

  3. Gigo disse:

    Olá ! Estou entrando nesta fase de divórcio , após 10 anos de casamento e 1 casal de filhos peq. Sabe indicar alguns livros pra eu dar um up em mim mesma ? A depre ta querendo me pegar. E na minha cabeça tenho medo de ser marginalizada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s