Contra fluxo

contra-fluxoSou metamorfose. Sou música e silêncio. Multidão e solidão. Sou melancolia: coração apertado, olhar fundo, poucas palavras. Sou alegria: dias ensolarados, a brisa da praia e gargalhada de criança me fazem sorrir. Adapto-me, mudo de opinião e olho a vida com outros olhos quando dá vontade. Sou tudo e posso não ser nada. Sou contra fluxo.

Texto escrito para a Oficina Escrever Simples, da jornalista Silvia Amélia de Araújo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s